domingo, 14 de março de 2010

Assim nascem os cornos

Tava num clima meio ruim com o maridão e resolvi fazer uma surpresa...
Comprei 250 velas de tamanhos diferentes, 10 dúzias de rosas vermelhas,
espumante, queijos e frutas e decorei toda a casa.


Nosso quarto fica no segundo andar e eu fiz um caminho de velas desde a
porta de entrada até o quarto... As escadas iluminadas, tudo lindo !!!
Chamei um casal de amigos para acender as 250 velas antes de chegarmos em casa.


A cama estava coberta com pétalas de flores...
Arranjos maravilhosos de antúrios (flores que usamos no nosso
casamento), além do espumante no gelo e as frutas, queijos e frios
completavam o clima do quarto.


Guardamos o carro na garagem e pedi pro marido ir na frente que eu já
estava saindo do carro.
Enquanto ele abria a porta eu tratei de tirar o vestido.
Fiquei só de lingerie e cinta-liga .



Imagina a cena...
Quando meu maridão abriu a porta eu desci do carro.
Semi-nua, claro!!!


Quando olhei a cara do meu marido percebi que ele estava BRANCO.
Virou pra mim, sem perceber meu modelito, e gritou:

- A casa ta pegando fogo!!!

Eu, calmamente, disse para ele olhar novamente.
Fiz até uma cara 'sexy' para dizer isso....
Ele abriu a porta mais uma vez e gritou, mais branco ainda :

- PUTA QUE PARIU !!!!!!!!!!
Não é incêndio !!!!!
É MACUMBA !!!!!!!!!!!!

Moral da história?
Assim nascem os cornos

3 comentários:

  1. Totalmente explicado, Ana! kkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Ana
    E como tem corno nesse mundo .Oh céus

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir